16 Anos Ajudando Famílias
(11) 4249-2545 (11) 94797-6909

Como tratar um dependente químico na familia


Como tratar um dependente químico na familia

Ter um parente com dependência química não é fácil. Toda a família é afetada, principalmente aqueles que convivem diariamente com esta pessoa. Muitos acabam por ser co-dependentes do viciado. Você conhece este termo? Ser um co-dependente é quando a família acaba ajudando a dar força ao vício. Isso acontece devido a atitudes como pagar aluguel, contas, alimentação, dar dinheiro, pagar fiança para retirá-lo da prisão, etc.

No desespero, alguns atos acabam piorando a situação, ao invés de resolvê-la. Tentar manter a pessoa em casa vai acabar prejudicando os demais familiares: filhos não conseguem, pais também não; cônjuges e amigos se afastam, pois a pessoa acaba se tornando violenta, isolando-se das demais.

A Clínica de Recuperação Viva Vida recebe várias pessoas e famílias com casos de dependência química. Cada indivíduo recebe tratamento de acordo com as características da sua dependência, a fim de tornar o período internado ainda melhor e mais eficaz. A metodologia de terapia agrupa reuniões e atividades dinâmicas, para que a pessoa se desintoxique e tenha vontade própria de estar sóbria e recuperada. O fator de aceitar que tem dependência química ajuda muito no tratamento.

A família recebe orientações de psicólogos de como reintegrar esta pessoa à sociedade, apoiá-la sem sustentá-la, para que o ex-dependente tenha atitude para conseguir novo trabalho, estabelecer novamente as amizades, frequentar grupos. Ninguém pode fazer isso por ele.

O diálogo é transformador quando tranquilo, pois a pessoa sente confiança para abrir-se aos familiares, sabendo que pode contar com eles em sua recuperação. O amor é importante, mas como forma de educar novamente aquela pessoa, sem mimos ou pena. Isso faz com que o ex-dependente amadureça, tomando consciência dos malefícios do vício e cultivando a sobriedade todos os dias, através de grupos de apoio.

Somente desta forma que um parente pode ser tratado, evitando as recaídas. Ignorar o vício e a situação põe em risco a vida deste parente. Assim, a família deve tentar a internação voluntária, que facilita o sucesso do tratamento. Em todo caso, tire suas dúvidas com a Clínica de Recuperação Viva Vida, saiba como funciona o tratamento e conheça as instalações.

 

Entramos em contato


Aceitamos diversos planos de saúde consulte
Planos de saúde