16 Anos Ajudando Famílias
(11) 4249-2545 (11) 94797-6909

Internação involuntária como proceder


Internação involuntária como proceder

A internação involuntária, ou seja, a internação na qual o paciente é internado contra a sua vontade, é um procedimento legal e que está entre as opções de tratamento na Clínica de Internação Viva Vida. Porém, muitas pessoas, em especial familiares e próximos de dependentes químicos, ficam em dúvida sobre o procedimento e como ele ocorre.

Para eliminar as dúvidas sobre "internação voluntária como proceder", elaboramos este artigo para que você saiba mais sobre o tema! Acompanhe:


O que é a internação involuntária?

O tipo de internação ocorre quando o paciente é internado mesmo contra a sua vontade. Para quem tem dúvidas sobre "internação voluntária como proceder", esse é um tipo de internação voltado para alcoólatras, dependentes químicos e pessoas que sofrem de esquizofrenia, que já não podem mais responder por si mesmos e oferecem risco à própria vida ou à vida de terceiros.

Para a internação involuntária, são utilizados meios legais, de acordo com a Lei de Saúde Mental, para levar o paciente até a clínica, mesmo sob protestos.


Como funciona a internação involuntária?

Para os que estão interessados em saber mais sobre "internação voluntária como proceder", em primeiro lugar é preciso saber que este é um procedimento legal. Ou seja, é um procedimento que está previsto em lei e precisa atender às seguintes exigências:

1- A Clínica de Internação precisa ter um Alvará de Funcionamento emitido pela Prefeitura;

2- Autorização da Vigilância Sanitária;

3- Inspeção do Corpo de Bombeiros;

4- Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES);

5- Autorização do Conselho Regional de Medicina do Estado.

Além disso, também é necessário que a Clínica de Internação tenha responsáveis técnicos em seu corpo de profissionais, como médicos, clínicos gerais, psiquiatras e psicólogos, entre outros.


A internação involuntária está prevista em qual lei?

A internação involuntária está prevista na Lei 10.216, de 6 de abril de 2002, regulamentada pela portaria federal n 2.391/2002/GM.


Internação involuntária: como proceder?

Se você tem algum parente, amigo ou próximo que necessita de internação involuntária, busque por uma clínica que atende às exigências da lei e oferece o tipo de tratamento, como é o caso da Clínica de Internação Viva Vida, presente em diversos estados, com os melhores profissionais da área e infraestrutura de excelência.

Para obter maiores informações sobre "internação voluntária como proceder", entre em contato com a Clínica de Internação Viva Vida!

Entramos em contato


Aceitamos diversos planos de saúde consulte
Planos de saúde