(11) 4266-0513 (11) 4249-2545 (11) 97011-0268 (11) 94797-6909

Álcool é droga? Confira mitos e verdades sobre drogas

Álcool é droga? Confira mitos e verdades sobre drogas

Falar sobre álcool e drogas pode ser algo complicado – isso porque além de ser um tabu, o assunto também está cercado de mitos e verdades. Mas afinal, será que você sabe quais são eles? A seguir, confira os principais mitos e verdades sobre drogas e álcool.

1. A maconha pode ser a responsável pela infertilidade?

Parcialmente verdade.

Alguns estudos associaram o consumo da maconha a quantidades menores de gametas masculinos. Além disso, estima-se que os espermatozoides também se locomovam mais lentamente entre os usuários da droga.

2. O álcool é inofensivo

Grande mito.

Estudos realizados pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas demonstrou que mais de 65% dos jovens brasileiros consomem álcool. Além de ser um potencial para a dependência, o álcool também abre portas para demais drogas – especialmente, para a maconha e cigarro.

3. E a maconha, é inofensiva?

Outro mito.

A maconha queima os neurônios do cérebro humano responsáveis pelas memórias mais recentes, ou seja, de curto prazo – o que se dá pela alta concentração da substância tetrahidrocanabinol.

Além disso, a droga também pode desencadear problemas psicológicos que vão desde o desânimo e ansiedade até problemas mais sérios, como transtorno bipolar, depressão e esquizofrenia.

4. Os remédios tarja preta viciam?

Verdade.

Os remédios tarja preta possuem potencial para dependência e são prejudiciais à saúde da memória. Não à toa, esses medicamentos são controlados e a receita dos mesmos fica na própria farmácia.

5. Os jovens são os que mais consomem álcool e drogas?

Verdade.

Pesquisas epidemiológicas apontam que o consumo de álcool e drogas é mais comum entre os indivíduos com até 24 anos.

6. O crack é uma droga exclusiva para os mais pobres?

Mito.

O crack está entre as drogas mais baratas, o que faz com que muitos associem o seu consumo à população de baixa renda. Este é um grande mito. Atualmente, uma boa parcela dos que consomem a droga compõem a classe média e alta brasileira.

---

Desmistificando algumas informações ficará muito mais fácil identificar alguém que precisa de auxílio, certo? Lembre-se que o consumo de álcool e drogas não deve ser considerado um hábito – e caso ele seja identificado em alguém que você ama, não hesite em contar com a ajuda da Clínica Viva Vida.