Clínica de Reabilitação para Dependentes Químicos SC

Clínica de Reabilitação para Dependentes Químicos SC


Quem tem problemas com dependência química ou convive com alguém que sofra dessa condição sente seus efeitos debilitantes em todas as áreas da vida. Isso porque o uso dessas substâncias muitas vezes impossibilita relacionamentos pessoais e profissionais estáveis. No entanto, dada à gravidade da situação, o indivíduo não consegue se recuperar sozinho. A função da Viva Vida, clínica de reabilitação para dependentes químicos em Santa Catarina- SC, é justamente oferecer um espaço seguro para acolher os seus pacientes.

O que é dependência química?


Trata-se de um conjunto de ocorrências comportamentais, de cognição e também fisiológicas, causadas pelo uso abusivo de determinadas drogas psicoativas ou farmacológicas. Percebem-se também sintomas de abstinência quando o hábito é interrompido. Por isso, a Viva Vida, clínica de reabilitação para dependentes químicos em Santa Catarina, busca atender aos casos de forma personalizada.

A entidade acredita que os melhores resultados surgem quando a pessoa entende que o tratamento é fundamental. Junto com a infraestrutura excelente, a Viva Vida possui colaboradores capacitados nas mais diversas áreas. Mesmo que a internação na clínica de reabilitação para dependentes químicos em Santa Catarina nem sempre seja voluntária, a meta é garantir a integridade física e psicológica do usuário. A equipe de internação só é descolada mediante o pedido do próprio paciente ou de um parente de primeiro grau.

O tratamento para dependentes químicos da Viva Vida

Quem buscar o suporte dessa clínica de reabilitação para dependentes químicos em Santa Catarina passará por uma série de atividades e terapias, tanto individuais quanto coletivas. O tempo de internação na Viva Vida deve vantro de recuperação, a pessoa passa por uma avaliação clínica de psiquiatra, o qual é evoluído em prontuário e reafirmado do ponto de vista médico o inicio do tratamento.
Durante a permanência na clínica, o dependente tem o auxílio dos profissionais em sua reintegração sócio-familiar. Durante o tratamento, é possível ter condições e tempo de autorreflexão e avaliação para tomar consciência do problema. Através das metodologias aplicadas, o tratamento busca resgatar valores, autoestima e conceitos familiares e sociais e estabelecer novos parâmetros sociais e familiares, focando a disciplina, trabalho em grupo e a espiritualidade.

riar conforme o grau da adição, entre outros fatores específicos a cada um. Dessa forma, a clínica desenvolve planos com abordagens que mudam segundo a resposta do interno.

Internação involuntária – Como funciona?

A internação involuntária se dá através de uma consulta médica, atestando a necessidade de tal intervenção através de laudo e desde a implantação da lei 10.216/01 um novo ator faz parte do processo que é o Ministério Público Estadual. O mesmo é responsável por controlar as internações.

Quando a internação não se der por determinação judicial, se faz necessário que um parente de primeiro grau seja entrevistado por um médico, onde nessa consulta seja relatado a situação atual do paciente, isso quando não for possível a avaliação presencial do mesmo, nessa consulta é confeccionado um laudo que direciona a necessidade de uma intervenção. Após isso a instituição tem por obrigação legal, informar em até 72 horas o Ministério Público Estadual a fim de salvaguardar as partes por tal procedimento.

O objetivo é que o tratamento de recuperação seja o mais curto possível para que o paciente retome a sua rotina com bem-estar e livre das drogas. Apesar de ser um tema delicado, o vício deve ser enfrentado. Conte com a Viva Vida, clínica de reabilitação para dependentes químicos em Santa Catarina, para prover o melhor acompanhamento nesse processo.

Fale com nossa equipe de profissionais através de nosso Chat Online ou WhatsApp agora mesmo.