Clínica de Recuperação Feminina

Clínica de Recuperação Feminina


Os cuidados relacionadas a recuperação de mulheres é diferenciado, precisando ser adaptado o tratamento em uma clínica de recuperação feminina. Com espaços individuais, coletivos e com vagas focadas no tratamento para mulheres, a clínica de recuperação Viva Vida tem uma preocupação com o bem-estar.

Como há uma demanda crescente de um atendimento adaptado para as mulheres, é importante procurar por clínica de recuperação feminina para ter um atendimento exclusivo, conseguindo realizar o resgaste dessas pessoas para que possam se sentir recuperadas do uso da droga.

Como é o tratamento para mulheres dependentes químicas?

O tratamento envolve diversos serviços de alto nível, seja para analisar individualmente como é o seu aspecto de comportamento do vício, além das técnicas que podem ser adaptadas conforme a particularidade das pacientes. O comportamento de uma pessoa dependente química está muitas vezes ligado a problemas sociais e familiares.

Com um tratamento adaptado, a Clínica Viva Vida é referência para o tratamento de mulheres, realizando a recuperação de mulheres em situação de riscos. O tratamento é voltado totalmente para o público feminino, sendo um sucesso porque esse é um público que tem outro tipo de abordagem na hora do tratamento.

Os tratamentos são específicos para resolver as necessidades femininas. Precisam ser levados em consideração os aspectos comportamentais, além de fisiológicos, analisando as relações que a droga tem com o gênero feminino e como a terapia pode realizar a recuperação dessas mulheres.

Assim, o tratamento pode seguir uma abordagem para conversar sobre questões levaram ao vício, trabalhando para aumentar a integridade, confiança das mulheres. Também deve ser desenvolvido o senso de independência e para que elas consigam se autorrespeitar, se tornando parte de uma comunidade.

Recuperação feminina

O vício não tem gênero, mas existem estudos que demonstram que a dependência química traz desafios físicos e psicológicos diferentes entre os homens e as mulheres. Os aspectos metabólicos, por exemplo, fazem com que as mulheres tenham maior facilidade em desenvolver vícios.

Muitas mulheres também são donas de casa, tem responsabilidades no casamento, no ambiente de trabalho e acabam tendo mais vergonha e negam a necessidade de tratamento. Isso impede que elas procurem por ajuda, deixando com que o vício se torne ainda mais grave e mostrando a importância de buscar por uma clínica de recuperação feminina.

Entendendo as necessidades individuais de cada paciente, principalmente do sexo feminino, a Clínica Viva Vida trabalha com excelente ao oferecer um tratamento que seja eficaz, trabalhando os aspectos físicos, emocionais, psicológicos com bastante cuidado e respeito que as pacientes merecem.

Assim, o tratamento é conduzido de maneira a passar pelo processo de abstinência para ter um foco bem grande na terapia. Com a terapia, as mulheres conseguem renovar a sua confiança, recuperar a autoestima, passando pelos seus medos e inibições que promovem o resgate da sua dignidade.

Saber adaptar o tratamento para um público feminino e oferecer o que há de mais moderno nas terapias é papel de uma equipe multidisciplinar que é oferecida pela clínica de recuperação feminina do espaço Viva Vida.

Mulheres são mais sensíveis as drogas

O vício em drogas ainda é um grande problema para a sociedade, contudo sempre se origina da necessidade de fugir de uma realidade que, por alguma razão, tornou-se insuportável. Mulheres mostram-se mais sensíveis que os homens, sobretudo em relação ao plano emocional, o que leva à necessidade de intervenções específicas para suas necessidades. Isso exige o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar preparada para lidar com isso.

Mulheres são criadas para serem mães e esposas exemplares, mesmo aquelas que recebem uma educação menos rígida. Essa cobrança parte não apenas da família, mas da sociedade como um todo. Além disso, existe, atualmente, a exigência de serem profissionais bem-sucedidas, em boa forma física, perfeitamente maquiadas, cabelos escovados e nenhuma celulite — encaixando-se, assim, nos padrões ditados pela sociedade.

Tamanha pressão tem feito com que a mulher contemporânea recorra cada vez mais ao abuso de substâncias químicas para conseguir suportar o ritmo de vida e cobranças excessivas sobre ela.Seja a partir do consumo de álcool, calmantes, antidepressivos, cocaína ou qualquer outro tipo de droga, o número de mulheres dependentes químicas é cada vez maior.
Mulheres são mais propensas a desenvolverem certos tipos de doenças emocionais, tais como a depressão e a bipolaridade, por exemplo. Essa característica pode levar mais facilmente ao consumo de drogas e álcool, de modo que a combinação entre s dois fatores torna mais grave o quadro de instabilidade emocional, transformando-se em uma bola de neve.

Estes são desafios para o tratamento de mulheres, o que exige ainda mais preparo e dedicação no atendimento do público feminino. Nossa equipe profissional tem esses pré-requisitos, além de unidades exclusivas com uma estrutura totalmente adaptada para elas e a vantagem da extrema discrição no tratamento. Ou seja, sua identidade é preservada; garantindo maior segurança e credibilidade.

O tratamento da dependência química em mulheres se difere daquele aplicado aos pacientes masculinos por conta de diversos fatores sociais, fisiológicos, orgânicos e psicológicos. O tratamento que leva em consideração as peculiaridades femininas, desde que estas estejam livres dos estereótipos criados pelo machismo e comprometidos com a saúde da mulher, obtém resultados muito superiores na vida das pacientes.

O tratamento da Clínica de Recuperação Viva Vida reúne etapas importantes, tais como: desintoxicação; aplicação da Terapia Cognitivo-Comportamental, pela qual a paciente é levada a entender sua doença e mudar seu comportamento; e ressocialização, em que ela se prepara para reencontrar sua família, seus amigos, seu trabalho.