Profissionais presentes em nossas clínicas de recuperação

Profissionais presentes em nossas clínicas de recuperação


Certamente as clínicas de recuperação são essenciais principalmente quando se referem aos melhores tratamentos para dependentes químicos e alcoólicos, entretanto, a maioria das famílias acaba acreditando que as mesmas não são boas.

Na verdade, é importante desmistificar o fato de que essas clínicas são um bicho de sete cabeça, sendo que as mesmas acabam tendo um papel muito importante no que se refere principalmente a recuperação dessas pessoas que estão doentes. Desta maneira, entender exatamente como funcionam essas clínicas, permite que as pessoas acabem descobrindo como funcionam os atendimentos.

 

Quais são os profissionais presentes nas clínicas de recuperação?

Podemos destacar por exemplo que os profissionais da Clínica de Recuperação Viva Vida, são altamente qualificados, prezando o bom ensino e a aplicação do programa terapêutico, onde alcançamos resultados mais eficazes em todas as áreas do paciente. Entenda ainda que a equipe é composta por:

  • Nutricionistas;
  • Médicos Clínicos Gerais;
  • Médicos Psiquiatras;
  • Assistentes sociais;
  • Consultores;
  • Coordenador;
  • Monitores;
  • Cozinheiros;
  • Terapeutas (cognitivos e holísticos);
  • Psicólogos;
  • Enfermagem;
  • Terapeutas ocupacionais;

 

Realmente essa equipe em geral acaba formando uma rede de apoio capaz de estimular o paciente em busca de recuperação e ainda é capaz de auxiliar a desenvolver valores, tais como filosofias e comportamentos de vida que estruturarão uma nova maneira de encarar a vida.

Porém, as clínicas não são formadas apenas de profissionais, precisamos entender exatamente como elas funcionam e qual estrutura as mesmas devem ter para proporcionar um excelente atendimento permitindo que o doente seja reinserido para a sociedade da melhor maneira possível.

 

O que levar em consideração na hora de escolher uma clínica de recuperação?

Certamente são várias as clínicas de recuperação que existem, sendo que o ideal é ter em mente algumas informações antes de buscar o local correto para a internação de um familiar dependente químico/alcoólico.

Sendo assim, confira algumas dicas:

 

Procure analisar a infraestrutura oferecida

Obviamente a pessoa que responde pelo dependente químico, de fato precisa sim avaliar as condições desse local em que a internação do paciente deve acontece, sendo que caso seja possível o ideal é fazer uma visita antes da assinatura de um contrato.

Lembrando que a infraestrutura desses locais deve ser adequada para que o paciente receba todos os cuidados médicos de rotina que são necessários. Além disso, vale ressaltar que essa instituição necessita estar preparada para possíveis situações de emergência no caso de complicações ou ainda em momentos de crises durante o tratamento.

Elas precisam ter à disposição: atendimento médico 24 horas, farmácias para dispensação da medicação, carrinhos de parada, protocolos clínicos, entre outros.

 

Saiba mais sobre a duração do tratamento e a rotina do paciente

É importante prestar atenção ao plano estabelecido pela clínica de recuperação para o tratamento do dependente químico, sendo que é válido ainda buscar saber maiores detalhes e informações da rotina do paciente durante esse período de reabilitação, além do mais, é importante saber qual é a previsão para o fim de cada etapa realizada.

Quanto ao sucesso do processo, saiba que o mesmo dependerá ainda da reação do paciente, sendo que a família deve sim acompanha-lo de perto e fazer sua própria avaliação sobre os progressos do mesmo.

Porém, é importante que a família tenha em mente que essa recuperação do paciente pode demorar até ocorrer, no entanto, é preciso que o mesmo esteja confortável desde o primeiro momento pois somente assim o mesmo poderá evoluir em seu tratamento.

 

Analise quem fará o acompanhamento do dependente

Sabidamente os hospitais e clínicas possuem várias equipes multidisciplinares, sendo que as mesmas servem para cuidar de dependentes químicos. Essa equipe em geral é formada por médicos, psicólogos e até mesmo outros profissionais.

Além do mais, procure se informar ainda sobre quantos e quais profissionais prestarão assistência ao seu familiar e em quais momentos os mesmos devem estar presentes. Essa pessoa que está lutando para se reabilitar não deve se encontrar longe dos cuidados desses profissionais.

 

Conheça a Clínica de Recuperação Viva Vida

Saiba que a Clínica Viva Vida está a exatos 16 anos nesse mercado, ajudando famílias e dependentes do álcool e das drogas, a metodologia desenvolvida é focada em reinserção para que o paciente consiga se livrar dos vícios e possa ser reinserido no ambiente social em que convive sem mais recaídas.

Se você possui algum famíliar nessa situação ou esse é seu caso e precisa de ajuda, entre em contato com uma de nossas unidades, estamos presentes em todo o Brasil e ficaremos felizes em mostrar como funcionam nossos tratamentos.